TOP Magazine

Trabalhar é preciso. E dá um puta orgulho

criar projetos marcantes que tragam resultados para os clientes e que, de uma forma ou de outra, ajudem o país a sair dessa crise, é possível... vem saber

POR Lucas Buled e Ricardo Polinesio 5 MIN

19 jun

5 Min

Trabalhar é preciso. E dá um puta orgulho

POR Lucas Buled e Ricardo Polinesio

	

Todo mundo já percebeu que em tempos de quarentena, tudo se torna mais difícil. Não importa qual seja o setor que você trabalhe, é muito provável que você tenha enfrentado inúmeros novos desafios nesse momento em que estamos vivendo. E no nosso caso, uma produtora de conteúdo, as dificuldades têm sido imensas. Para começar, os clientes obviamente tiraram o pé do acelerador. A não ser que se trate de um produtor de álcool em gel ou de máscaras de proteção, por exemplo, que cliente vai aprovar projetos de marketing com facilidade, sem medo do que está por vir, de quanto vai durar a crise e até, de saber se a empresa vai estar viva daqui alguns meses?

Mas é claro que a roda não pode parar e o nosso trabalho continua sendo criar projetos para os nossos clientes e até prospects. Porque não importa se estamos vivendo tempos difíceis, o importante é acreditar que podemos e devemos ter novas conquistas em meio à crise. E se a roda parar, amigos, nosso carrinho sai do trilho e aí… já era.

Bom, como era de se esperar, nesses últimos meses temos trabalhado bastante e, dois projetos em especial, chamam a atenção e merecem o nosso relato aqui. O primeiro foi uma homenagem aos entregadores que criamos para Honda Motos. O segundo foi um filme que fizemos para Renault. E para não nos perdermos, vamos por partes.

 

Honda Motos

A história por trás desse projeto é bem curiosa. E ele começou com uma simples proposta de um post para as redes sociais deles (@hondamotosbr). Em um bate papo entre nós, quase que um brainstorm, falamos sobre as dificuldades de estarmos em casa, sem poder sair e que a solução era pedir delivery de tudo. E foi nesse momento que entendemos a importância dos entregadores nessa quarentena. Enquanto a gente ficava em casa, nos protegendo, eles estavam nas ruas, se arriscando para o país não parar. Nada mais justo do que uma bela homenagem.

Do post – que foi produzido pela Publicis – surgiu um filme, um recado para que as pessoas ficassem em casa, assinado pelo Mundo TOP e logo na sequência veio a ação “Esse entregador é TOP”, em que abrimos espaço para mais de 30 entregadores darem o seu depoimento nas nossas redes sociais, contando como estava sendo o seu trabalho durante a quarentena e como eles se sentiam importantes nesse momento.

Mas a cereja do bolo foi com certeza o filme de homenagem assinado em parceria com a Honda, onde pedidos feitos pelos aplicativos de delivery viravam presentes para os próprios entregadores, como forma de agradecimento pelo trabalho deles.

O resultado foi impressionante tanto para a Honda quanto para o Mundo TOP, com centenas de artistas repostando o filme voluntariamente e alcançando números extremamente expressivos, passando da casa dos milhões de espectadores. Claro que uma produção nesse momento não é algo simples e tivemos que nos reinventar, produzindo em formato de guerrilha, com uma equipe extremamente reduzida e literalmente indo para as ruas entrevistar os entregadores, obviamente tomando todos os cuidados com a nossa saúde e também a deles.

Renault

O outro projeto que a gente queria contar um pouco dos bastidores é o filme para o Renault ZOE, o carro elétrico da Renault.

Renault já é um grande parceiro do Mundo TOP e um dos ápices dessa parceria é o projeto da Ilha Elétrica, onde junto com eles, estamos ajudando a transformar Fernando de Noronha na primeira ilha elétrica do Brasil e já criamos uma série de filmes para falar sobre isso. Mas isso é assunto para outra matéria.

Dessa vez a gente tinha o desafio de criar um filme para o Renault ZOE sem poder viajar para Noronha, sem poder contar com a parceria dos artistas que participam dos nossos filmes, sem poder montar uma produção do tamanho que Renault merece e praticamente sem poder sair de casa. Bom, desafio nas mãos, fomos para mais uma rodada de troca de ideias, conversas e o famoso brainstorm. E algum tempo depois, surgiu o papo sobre o fato de que como todo mundo estava trancado dentro de casa, as indústrias estavam paradas e as ruas estavam vazias, a natureza estava dando a resposta ao isolamento, deixando o céu mais azul, o ar mais puro e por aí vai.

Exemplos surgiam ao redor do mundo, como a diminuição da poluição na China, os canais de Veneza praticamente translúcidos, animais invadindo as grandes cidades na Turquia e todos os outros exemplos que estávamos acompanhando aqui no Brasil. Juntamos tudo isso com o fato de o Renault ZOE ser um carro com zero emissão de poluentes e a ideia estava pronta na cabeça. Agora era hora de materializar, mas não sem antes passar por todas as fases de aprovação dentro da Renault. E, acreditem, nesse momento essa é a parte mais complicada, até porque os executivos da empresa simplesmente não estão com tempo e nem cabeça para isso.

Vencida essa batalha, fomos atrás de parceiros em quem a gente confia de olhos fechados e isso fez com que o trabalho ficasse muito mais fácil. E também, muito mais gostoso de ser feito. E só para complicar mais um pouquinho, decidimos que quem deveria fazer a locução do filme seria ninguém mais, ninguém menos que a Marina Ruy Barbosa. Mas como gravar com ela respeitando o isolamento social? A resposta estava nas nossas mãos: o celular. Acreditem, toda a locução da Marina no nosso filme foi enviada por mensagens de áudio no WhatsApp.

Depois de alguns dias de pré-produção, produção e pós-produção, nosso filme finalmente estava pronto. Mas para ir para o ar, precisava de mais uma etapa de aprovações com a Renault, que mais uma vez foram cansativas pelos motivos já explicados lá em cima.

Com todas essas dificuldades do caminho e com o resultado final, esse filme encheu a gente de orgulho e nos deu a certeza de que mesmo com todos os problemas que estamos vivendo, trabalhar é preciso. E criar projetos marcantes que tragam resultados para os clientes e que, de uma forma ou de outra, ajudem o país a sair dessa crise, é possível. Basta acreditar e trabalhar com vontade, brilho nos olhos e claro, ter a parceria de clientes incríveis como a Honda Motos e a Renault.

Veja as Fotos

  • COMPARTILHE
VOLTAR AO TOPO