TOP Magazine

Plantão – Mundo TOP

POR Renata Zanoni 6 MIN

24 abr

6 Min

Plantão – Mundo TOP

POR Renata Zanoni

	

O Plantão Mundo TOP surgiu no início da quarentena, com a intenção de trazer através de vídeos, informações relevantes, dicas de como lidar com este momento de isolamento, mensagens positivas de nomes do meio artístico, além de pessoas e empresas do setor turístico.

Confira um pouco do que rolou esta semana no Instagram das revistas TOP Magazine (@topmagazine) e TOP Destinos (@topdestinos).

“Nós vamos ficar mais suscetíveis e afetáveis por aquilo que já nos irritava porque estamos contrariados, perdemos a possibilidade de ir e vir, mas também porque estamos sujeitos a uma demanda que mudou de forma e qualidade. Primeira recomendação: aceitar e avisar os outros que a gente vai ficar assim. Segunda recomendação: reconstrução do nosso cotidiano. Não imagine que estamos no novo normal e sim num estado de exceção. Portanto estabelecer-se pausas, intervalos, períodos de recomposição durante o dia, manter horários, manter fim de semana e feriado e não disparar diante dessa nova situação para uma ocupação de si…”, Christian Dunker, psicanalista e professor titular do Instituto de Psicologia da USP.

View this post on Instagram

O psicanalista e professor titular do Instituto de Psicologia da USP Christian Dunker (@chrisdunker) dá suas recomendações para lidarmos melhor com esse momento em que nos sentimos mais suscetíveis, afetáveis e cansados. Aproveite essa mensagem, espie seu próximo curso on-line “Teoria do Luto em Psicanálise” (dia 16/05, no @centropsicanalise) e bom feriado! “É uma condição que vai nos deixar mais irritados, mais reativos, que vai aguçar os nossos conflitos relacionais dentro do casamento, na relação com os filhos, com os empregadores, com os empregados… Nós vamos ficar mais suscetíveis e afetáveis por aquilo que já nos irritava porque estamos contrariados, perdemos a possibilidade de ir e vir, mas também porque estamos sujeitos a uma demanda que mudou de forma e qualidade. Agora as interações são dada pela plataforma virtual, isso representa um acréscimo de cansaço, uma redistribuição para nossa estrutura atencional, uma redução de performance. Primeira recomendação: aceitar e avisar os outros que a gente vai ficar assim. Segunda recomendação: reconstrução do nosso cotidiano. Não imagine que estamos no novo normal e sim num estado de exceção. Portanto estabelecer-se pausas, intervalos, períodos de recomposição durante o dia, manter horários, manter fim de semana e feriado e não disparar diante dessa nova situação para uma ocupação de si…” #christiandunker #topmagazine #mundotop #psicanálise #selfcare #centrodepsicanálise

A post shared by TOP MAGAZINE (@topmagazine) on

“Estamos vivendo uma época em comum, que não é apenas um confinamento geográfico, espacial, de permanecer no mesmo lugar. Estamos também em confinamento temporal, presos no tempo, sem saber o que está por vir ou quando vai terminar… “. Quer saber as dicas do poeta e escritor Fabrício Carpinejar para essa quarentena? Veja o vídeo completo – e acompanhe nosso Plantão nos Stories!

View this post on Instagram

“Vivemos uma época em comum que não é apenas um confinamento geográfico, espacial, de permanecer no mesmo lugar. Estamos também em confinamento temporal, presos no tempo, sem saber o que está por vir ou quando vai terminar… ". Quer saber as dicas do poeta e escritor Fabrício Carpinejar para essa quarentena? Veja o vídeo completo – e acompanhe nosso Plantão nos Stories!

A post shared by TOP MAGAZINE (@topmagazine) on

Arthur Danilla – psiquiatra formado pela Usp e coordenador do programa ambulatorial de mudanças de hábitos e de estilo de vida do Instituto de Psiquiatria da USP também dá dicas aos executivos. “Procurem focar naquilo que vocês conseguem realizar neste momento, aquilo que só depende de cada um de vocês. Procurem aperfeiçoar-se ao máximo estes pontos, porque eles mostrarão à todos em suas equipes, o quanto vocês estão motivados a dar a contribuição de vocês e, portanto, são indispensáveis para a continuidade dos projetos. Isso faz parte de uma concepção mais ampla do que chamamos de propósito de vida, pessoas com maior propósito de vida tem maior proatividade, ou seja, conseguem agir mais ativamente sem serem cobrados por isso, têm menor insegurança, ou seja, agem melhor mesmo em um cenário como o atual, que tem bastante incerteza e véem momentos de aprendizagem, inovação e oportunidade. Tem maior tolerância com as frustrações, conseguem lidar melhor com as dificuldades conjunturais e específicas de cada vida. E lembrem-se: crises podem também se revelar-se grandes momentos de aprendizagem, inovação e oportunidades, basta encontrar um bom posicionamento nestes contextos”

Flora Victoria, mestre em Psicologia Positiva, compartilha quatro dicas para lidar com a procrastinação. “Dica 1: Mantenha uma Agenda. Dica 2: Crie um método para seu corpo se adaptar ao trabalho home office. Dica 3: Crie mensagens motivacionais para si mesmo. Dica 4: Desafie-se, essa é a melhor maneira da sua motivação voltar a engrenar”, confira o vídeo completo.

“Esse é um momento de risco para saúde mental, porque estamos nos privando de várias coisas da nossa vida e do contato de pessoas que nós amamos….E sentir muita falta de quem está fora, acaba criando uma combinação de frustração, de stress, de tristeza, então, é a hora para gente tentar aprimorar o cuidado de si e do outro. Também é um momento da gente conversar, trocar ideias, ser solidário, prestar atenção no outro, contar até mil quando ficar nervoso para evitar aumentar os atritos, respeitar as diferenças, tentar criar espaços de privacidade mesmo em ambientes pequenos, É a hora do diálogo. É a hora de tentar usar as redes sociais para trocar ideias, para conversar com pessoas que estão longe. Enfim, hora da gente se cuidar e cuidar uns dos outros”, Vera Iaconelli – psicanalista, mestre e doutora em Psicologia pela USP e colunista da Folha.

Lucas Lucco contou sobre seu bazar beneficiente e que tem trabalhado para ajudar mais ainda outras pessoas. Além de agora ter tempo para novas músicas e projetos, e que está tentando driblar os momentos de ansiedade. Thiaguinho e Bell Marques anunciaram suas Lives que terão links para doações.

Já passaram por nosso Plantão compartilhando dicas, além de dicas de livros, filmes, meditação e no que você deve se apoiar neste momento, os cantores Péricles, Simaria, MC Rebecca, Lucas Lucco e Joelma, os influenciadores Léo Picon, Gkay, além de artistas como Antônio Fagundes, Michelle Batista, Renata Kuerten e Monique Alfradique contaram como estão lidando e o que andam fazendo na quarentena. Além disso, representantes do Reino Unido, Espanha, hoteleiros da Europa, Estados Unidos, Ásia, e muitos outros contaram sobre a situação no país, deram exemplos de atitudes para ajudar neste momento, ou seja, muio conteúdo para você se inspirar.

  • COMPARTILHE
VOLTAR AO TOPO