TOP Magazine

A melhor maneira de ir para um camping sem parecer um adolescente

No hotel Karuizawa, da rede Hoshinoya, natureza e luxo se encontram numa experiência serena, sofisticada e ecológica

POR Gabriela Del Carmen 5 MIN

19 Maio

5 Min

A melhor maneira de ir para um camping sem parecer um adolescente

POR Gabriela Del Carmen

	

Imagine acordar de manhã ao som de pequenos pássaros cantando entre as florestas verdejantes cheias de vida e um rio de águas rasas e calmas, enquanto consegue desfrutar de uma hospedagem com excelência e luxo garantidos. Essa é a experiência oferecida pelo Hoshinoya Karuizawa, primeiro resort no Japão dedicado aos amantes de birdwatching, prática que nada mais é do que a observação de aves. Um hobby antigo, com origens na Inglaterra do século 18, mas que tem se tornado tendência ao redor do mundo nos últimos anos.

E são as próprias aves que formam a principal atração turística oferecida pelo programa de ecoturismo do hotel, que tem um dos quatro únicos santuários de pássaros do Japão. Na área, onde a vida selvagem é cuidadosamente preservada, encontram-se anualmente cerca de 80 espécies de pássaros, dos quais quatro são nativos do país, e ainda 40 tipos diferentes de mamíferos.

Situado a apenas 90 minutos de Tóquio, o Karuizawa segue o estilo de uma villa resort japonesa cercada do rico ecossistema que habita o local. Fundada por Yoshiharu Hoshino, a propriedade é isolada por montanhas e florestas, o que permite que os hóspedes tenham um encontro único com a natureza.

Unindo elegância com a conexão à biodiversidade, o design das acomodações permite aberturas de teto para que o ar fresco e limpo das montanhas circule pelos pavilhões. Projetados por Rie Azuma, cada um dos 22 alojamentos é uma construção independente, o que confere privacidade aos hóspedes e faz com que eles se sintam em suas próprias casas. Os quartos incorporam elementos da arquitetura japonesa, como as paredes de gesso e a decoração com wallpaper feito à mão utilizando o washi, tipo de papel especificamente feito no Japão a partir das cascas das árvores das amoreiras.

As acomodações possuem, além dos quartos e banheiro, um espaço com sofás, mesa de centro e almofadas, dedicado para que os visitantes relaxem em uma atmosfera aconchegante e bem local. Contam também com terraços, que lembram as casas tradicionais japonesas, e criam uma experiência única de indoor-outdoor, conectando os clientes intimamente à natureza ao redor. Os pavilhões são ligados por estradas sinuosas, o que desperta a sensação de villa do Karuizawa. Em relação à gastronomia, o chef Eiji Inake está no comando do restaurante Kasuke, e é o responsável pelo cardápio que inclui peixes de água doce, carnes de caça e vegetais sazonais. Para se ajustar às mudanças de estação, o menu muda regularmente, combinando ingredientes frescos do período com técnicas culinárias locais. A área do restaurante corre paralela até a colina com terraço, que é visível pelas janelas que vão do chão ao teto. Esses elementos, em conjunto com as altas paredes de granito, remetem a uma paisagem rural tradicional, com a colina representando campos de arroz, o corredor e a área de estar simbolizando um rio e seu leito, e as paredes retratando montanhas distantes. Os pratos contribuem para a atmosfera, feitos com a intenção de evocar essa cena.

Hospedar-se no Hoshinoya Karuizawa também significa ter serviços de qualidade à disposição. São três opções de atividades em águas termais, com as quais se acredita obter cura física e espiritual. O destaque vai para o Meditation Bath, em que os hóspedes são convidados a experimentar um banho a 39-40ºC, numa experiência pensada para aguçar os sentidos. De acordo com a cultura japonesa, o processo, quando realizado mais de uma vez, permite que os convidados atinjam a tranquilidade espiritual. O hotel conta também com banhos em águas ricas em sais minerais, que limpam, hidratam e relaxam a pele, e o tombo no yu, onde os banhos acontecem em um espaço com grandes janelas de vidro, que permitem a observação da natureza e suas diferentes cores, enquanto sons relaxantes de pássaros são colocados nos alto-falantes. A propriedade ainda inclui programas de spa também baseados na natureza, com águas termais, florestas serenas e ar fresco, buscando restaurar o alinhamento espiritual dos convidados. Para os momentos de lazer, a dica é o passeio a cavalo na parte inferior do Monte Asama, vulcão ativo situado a apenas 50 minutos do hotel.

Para os casais que estão à espera de um filho, o Tamayura é o serviço ideal, pois envolve um conjunto de atividades para fortalecer o vínculo com o bebê, incluindo refeições leves e nutritivas para a mulher grávida, exercícios para reduzir a fadiga e spa para os dois. Para as crianças, são oferecidas oficinas de educação e entretenimento, que passam por discussões sobre alimentação de forma leve e descontraída, estimulando o aprendizado.

E com tantos recursos à disposição, não pense que a sustentabilidade é deixada de lado. Pelo contrário, esse acampamento de luxo utiliza energia renovável, a partir de hidroeletricidade pelo rio entre as instalações, e energia geotérmica, em que o calor é proveniente do interior da Terra. Além disso, todos os funcionários estão familiarizados com os 3Rs: reduzir, reciclar e reutilizar — o que deu ao hotel a posição de primeiro resort do Japão a criar um ambiente com zero emissão de gases poluentes. Por todos esses motivos, o Hoshinoya Karuizawa é um destino em que o luxo e o conforto são garantidos e a hospitalidade, memorável.

+infos: hoshinoya.com/en/

 

Fotos: HOSHINO RESORTS

Veja as Fotos

  • COMPARTILHE
VOLTAR AO TOPO