TOP Magazine

Um homem fiel

Uma comédia romântica intensa e sem gritarias

POR Walter de Sousa, com exclusividade para TOP Magazine 3 MIN

28 jun

3 Min

Um homem fiel

POR Walter de Sousa, com exclusividade para TOP Magazine

	

Como num bom romance literário, a primeira cena de Um homem fiel agarra o espectador ao insinuar uma trama romântica conturbada: no vestíbulo do apartamento onde Abel vive há três anos com Marianne, ele a ouve comunicar que está grávida, que o filho é de um amigo do casal, Paul, com quem irá se casar em dez dias. Caso fosse um melodrama latino-americano, a sequência da revelação seria uma cena de gritaria e explosão. Mas se trata de uma trama em que todos os personagens mantém o mesmo tom de voz por todo filme – alguns diálogos são sussurrados –, embora a tensão emocional se mantenha por toda a trama. A sequência seguinte traz Abel e Marianne se reencontrando oito anos depois, no enterro de Paul. O filho do casal, pivô da separação confirmada no início do filme, é um garoto taciturno, que gosta de tramas policiais. A reaproximação de Abel e Marianne se dá a partir de duas tensões: o sofrimento do filho Joseph pela perda do pai – com o qual não se dava bem – e o aparecimento de Ève, irmã de Paul, que desde menina tem uma obsessão: viver sua paixão por Abel.

O trio de atores está impecável nessa história de personagens comedidos que vivem situações complexas: Louis Garrel, que também dirige, é Abel, enquanto a musa modelo Laetitia Casta, que é casada com Garrel, é Marianne. O destaque fica com Lily-Rose Depp, também modelo e filha de Johnny Depp e da cantora Vanessa Paradis, que faz a sonhadora Ève. Por conta do seu desempenho, ela foi indicada como atriz revelação ao Prêmio Cesar, o Oscar francês. O expressivo menino Joseph Engel estreia como o filho de Marianne.

Embora definido como comédia romântica, Um homem fiel não tem a pretensão de dispor de uma trama divertida o tempo todo, no sentido norte-americano do gênero, mas guarda a qualidade de desenvolver uma história intensa com personagens sensíveis sem serem exatamente emocionais. A emoção é extravasada nas escolhas que os personagens fazem no decorrer da trama. Assina a história, junto com o diretor, um dos mais consagrados roteiristas franceses: Jean-Claude Carrière, de A bela da tarde, O tambor e A insustentável leveza do ser, entre outros.

Vem conferir o trailer:

 

Um homem fiel

Direção: Louis Garrel

Elenco: Louis Garrel, Laetitia Casta, Lily-Rose Depp, Joseph Engel.

Estreia: 4 de julho

  • COMPARTILHE
VOLTAR AO TOPO