TOP Magazine

Um dia de chuva em Nova York

Leveza de Allen contrasta com a campanha que quase inviabilizou a distribuição do seu último filme, que estreia em São Paulo

POR Walter de Sousa 4 MIN

14 nov

4 Min

Um dia de chuva em Nova York

POR Walter de Sousa

	

Dividido entre os ataques do movimento #MeToo, de mulheres que denunciaram
casos de assédio em Hollywood, e diretores, atores e atrizes que o defenderam por
ocasião da estreia de Um dia de chuva em Nova York, Woody Allen chega à velhice sem
perder o vigor de sempre. Seus filmes, especialmente nos últimos anos, são leves, sem
fugir de tema nenhum, incluindo o amor entre homens maduros e jovens recém-saídas
da adolescência. Lembre-se que Allen foi acusado de abuso pela filha adotiva, Dylan
Farrow, com o apoio da mãe, a atriz Mia Farrow, com quem o diretor namorou por 12
anos. A separação se deu quando Allen se disse apaixonado por outra enteada de
Farrow, Soon-Yi Previn, com quem se casou. No novo filme o tema é retomado. O casal
de namorados Gatsby (Timothée Chamalet), de família nova-iorquina, e Ashleigh (Elle
Faning), do Arizona, vai passar um final de semana em Manhattan. Na verdade, a moça
vai entrevistar o diretor de cinema Roland Pollard (Liev Schreiber) e Gatsby quer
impressionar a namorada levando-a a hotéis e restaurantes caros. Filho de família
abastada, prefere tocar piano em pubs e gastar deliberadamente o dinheiro que ganha
nas rodas de pôquer.

WA17_10.04_0363.RAF

Como Nova York tem um cronograma próprio – a frase é do rapaz, em certa
altura do filme – acaba revendo familiares e amigos enquanto Ashleigh cumpre sua
agenda e mexe com a libido de todos os homens de meia-idade que cruzam o seu
caminho. Gatsby encontra inclusive a irmã de uma antiga namorada, interpretada pela
ex-musa adolescente do Disney Channel, Selena Gomez. Por fim, todos os ingredientes
de Allen estão no filme, inclusive seu humor irônico e refinado. Num dado momento,
Gatsby, ao contar à namorada que conversou com a mãe sobre a profissão mais antiga
do mundo, ouve, inocentemente, da garota: “o jornalismo?”. Aos 84 anos, o diretor de
mais de 50 filmes ainda encanta, particularmente as novas gerações de cinéfilos –
aqueles que viram Chamalet, Faning e Gomez crescerem enquanto protagonizavam

séries e filmes adolescentes. Um dia de chuva em Nova York vale, certamente, por
reconhecer um Allen ainda leve. Leveza que nos acompanha na saída do cinema.

Um dia de chuva em Nova York
Diretor: Woody Allen
Elenco: Thimotée Chamalet, Elle Faning, Selena Gomez, Jude Law, Diego Luna, Liev
Schreiber
Estreia: 14/11

Veja as Fotos

  • COMPARTILHE
VOLTAR AO TOPO