TOP Magazine

#TopGiro

Gabriela Pugliesi nos dá suas dicas pessoais. E não tem nada a ver com treinos. Vem ver!

POR Melissa Lenz 1 MIN

12 dez

1 Min

#TopGiro

POR Melissa Lenz

	

Uma das precursoras do movimento fitness na internet, Gabriela Pugliesi, 32, é hoje uma das maiores motivadoras de vida saudável no Brasil. Estreou suas redes sociais em 2013 e hoje alcança milhões de seguidores, onde compartilha dicas do seu lifestyle com muito humor. Case de sucesso no mercado publicitário, a empresária é sócia da Tapiocaria Market (alimentação saudável), Alekta (marca de roupas fitness) e Velocity (estúdio de spinning). Em seu programa Vendi Meu Sofá, no YouTube, ela recebe e entrevista personalidades. Aqui na TOP, ela dá dicas personalizadas. Anote aí…

Trilha para malhar: Puglilist (Spotify)
É bizarro porque a minha playlist é a mais eclética da vida (Puglilist no Spotify). Vai de Sandy e Junior a The XX. Cada dia estou num mood. Tem dias que gosto de correr ouvindo música lenta, rock, funk… e tem de tudo lá!
O que assistir: Física quântica e meditação
Gosto muito de ver documentários sobre alimentação, física quântica e meditação, como Além do Cosmos (National Geographic), A Cor do Som (Vincent Hunter), O Ativista Quântico (Amit Goswami), Quem Somos Nós (William Arntz, Betsy Chasse, Mark Vicente), A Revolução do Altruísmo (Thierry de Lestrade, Sylvie Gilman). Das séries, House of Cards e Homeland (Netflix) são as minhas preferidas.
Baladas: Festa Funk
Não saio à toa, só quando vale a pena. Normalmente sou mais do dia. Mas sempre que tem uma festa boa que toca funk e que meus amigos vão, isso me faz sair de casa… Aí bebo e tenho ressaca como qualquer pessoa… (risos)
Sou caseira
Meu vício é ficar em casa com meu marido (Erasmo Viana) e meus cachorros (Budapeste, Vanilla e Nutella) assistindo a séries. Agora estou vendo Gypsy, The Affair e Mindhunter (Netflix).
Melhor destino: Maldivas
Já fui duas vezes. Meu programa é relaxar vendo a paisagem que até hoje acho a mais linda do mundo. Gosto de fazer minha rotina: treinar, comer bem, tomar sol, spa e ler muito. Tudo isso observando o por-do-sol mais belo do planeta e aquela água azul transparente que não cansa.

Mais cultura
O Museu do Amanhã, no Rio, está muito lindo. E sempre que tem uma peça boa no teatro, a gente gosta muito de ir.

  • COMPARTILHE
VOLTAR AO TOPO