TOP Magazine

17 jun

Sandy & Junior

Inesquecíveis: Eles marcaram gerações com suas músicas e agora estão de volta para a alegria dos fãs. Com vocês: Sandy & Junior!

POR Penélope Coelho 5 MIN

17 jun

5 Min

Sandy & Junior

POR Penélope Coelho

	

São muitas as memórias de quem cresceu na década de 1990 e nos anos 2000: cuidar do bichinho virtual Tamagotchi, colecionar papel de carta, cartões telefônicos e tazos para trocar com os amigos. Entre todos esses fenômenos, porém, é inegável que o maior deles, para quem viveu a infância e a adolescência nessa época, foram os irmãos Sandy & Junior. Agora, eles estão de volta! Mesmo que por apenas alguns meses, retornam aos palcos juntos para comemorar os 30 anos de carreira de ambos com a turnê Nossa História.

Os shows nem começaram ainda, mas a expectativa é grande. Na verdade, a turnê só inicia em julho, em Recife, mas bastou uma palinha em um pocket  show no lançamento do T-Cross, novo carro da Volkswagen e oficial da turnê da dupla, e pronto! Mesmo só para convidados, deu para ter ideia do que vem por aí: continuam amados, venerados, sob muitos gritos, choro e tudo mais que um fã se dá o direito de extravasar — ainda mais presenciando uma cena histórica como essa. “Eu estou nervosa até agora, o show foi ótimo, foi a primeira apresentação deles, eu sempre fui muito fã, estou feliz!”, disse a atriz Giovanna Lancellotti. Bom, basta dizer que os ingressos para todos os shows anunciados oficialmente estão esgotados, e a turnê teve que ganhar datas extras: além de Recife, passa por Salvador, Fortaleza, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Manaus, Belém e São Paulo, onde termina em outubro.

Fato é que a nostalgia é real e, mesmo 12 anos depois do anúncio do fim da dupla, a volta faz todo esse sentimento renascer, e o apreço a uma época de muitas coisas boas vem à tona: quando as únicas preocupações eram voltar da escola e comer bolacha recheada, assistindo à Sessão da Tarde, ou passar horas com o seu rádio portátil, escutando um CD com a sua trilha sonora favorita. Como relembrar é viver, vamos nessa… 

O fenômeno Sandy & Junior 

Para entender o porquê de tanta euforia, voltemos um pouco na história dos dois irmãos. Sandy Leah Lima nasceu em 28 de janeiro de 1983. Pouco mais de um ano depois, no dia 11 de abril veio ao mundo seu irmão, Durval de Lima Junior, ambos em Campinas, interior de São Paulo. Filhos de Noeli Pereira de Lima e do cantor sertanejo Xororó, da dupla Chitãozinho e Xororó, desde cedo mostraram que, assim como o pai, tinham aptidão para a música.

Até que, em 1989, protagonizaram uma das cenas mais fofas da televisão, quando apareceram cantando Maria Chiquinha, ao acompanhar o pai e o tio no programa Som Brasil, da TV Globo. Sandy tinha 6 anos e Junior, 5. O áudio da apresentação começou a circular nas rádios, o que despertou o interesse da gravadora PolyGram (atual Universal Music), que, depois de muito insistir com os pais, conseguiram assinar um contrato com os pequenos. Era 1991 quando a dupla lançou seu álbum de estreia Aniversário do Tatu, que logo de cara ganhou um disco de ouro por mais de 300 mil cópias vendidas. O primeiro grande hit, porém, veio quatro anos depois: Vai Ter Que Rebolar, música do disco Você é D+. Daí para frente, só cresceram, com uma enxurrada de sucessos como Dig-Dig-Joy e Eu Acho Que Pirei. Em 1999, o álbum As Quatro Estações estourou como um divisor de águas na carreira dos irmãos, que deixaram de ser uma dupla infantil para assumir um lado mais maduro com canções que abordavam temas como o primeiro amor. Na época, Sandy estava com 16 anos e Junior, 15. Sucesso de público e crítica, alcançou 3 milhões de cópias vendidas e emplacou grandes hits como Imortal, Olha o Que o Amor Me Faz Vâmo Pulá!. 

Com tamanho sucesso no Brasil, investir em uma carreira internacional foi o próximo passo, em 2002, com o lançamento do CD Sandy & Junior Internacional, todo cantado em inglês. No mesmo ano, foram os primeiros artistas brasileiros a se apresentarem, sozinhos em um show no Maracanã, reunindo 70 mil pessoas. No ano seguinte chegou o disco Identidade e, com ele, uma das músicas mais conhecidas: Desperdiçou. Após três anos sem lançar nada, o último disco de estúdio Sandy & Júnior veio em 2006, que marcou musicalmente o fim de uma era, junto com o Acústico MTV.

 Paralelamente aos projetos musicais, ainda dominaram a telinha e a telona. Na Rede Globo, eles emplacaram o seriado Sandy & Júnior, venerado até hoje pelos fãs. Com quatro temporadas, ficou no ar até 2002 e revelou nomes como Fernanda Paes Leme, Paulo Vilhena e Wagner Santisteban. Sandy ainda protagonizou a novela Estrela Guia, que também tinha Junior no elenco e bateu recorde de audiência, chegando aos 43 pontos em sua estreia. Os irmãos também marcaram presença no cinema, com Acquária, filme de aventura e ficção científica, que tinha como tema a preservação da água no nosso planeta.

Fim da dupla

Em abril de 2007, os irmãos decidiram colocar um ponto final na dupla Sandy & Junior. Assim, após explorarem todas as possibilidades como um duo, sentiram necessidade de traçar um caminho individual e alçar novos voos. Em carreira solo, Sandy lançou três discos de estúdio, dois ao vivo e dois DVDs. Já Junior virou produtor musical e criou um projeto de música eletrônica, a banda Manimal (@manimaloficial). Casados e com filhos, são realizados em suas carreiras solo, mas este ano quiseram atender um pedido muito especial dos fãs: “Nós sempre deixamos esta possibilidade no ar. Temos muito amor e orgulho pelo que construímos juntos. Acho que só estávamos esperando o momento em que estivéssemos prontos”, diz Sandy sobre a turnê Nossa História. É bom saber, porém, que se trata de uma turnê pontual. Sandy e Junior continuam com suas carreiras individuais normalmente, e realizam esses shows pelo Brasil apenas para comemorar. Outro ponto importante é que não haverá CD, DVD ou músicas inéditas: apenas canções antigas. Com direção de Raoni Carneiro, eles ainda brincam sobre as coreografias: terão, sim, que rebolar, mas um pouco menos do que faziam 12 anos atrás. Ah, e não esperem nada intimista. Sandy já disse: serão palcos grandes com LED, balé e banda. Tudo para impressionar os fãs e fazer a turnê — que conta com a realização da Live Nation, apresentação da Elo e parceria com o T-Cross, o primeiro SUV da Volkswagen — inesquecível! 

Eles também são fãs!

“Acho incrível! Para quem é da nossa geração, é difícil imaginar a infância sem lembrar de alguma canção da dupla! Sempre admirei… Hoje tenho a alegria de ter uma amizade e uma parceria musical com a Sandy (Um Dia Bom, Um Dia Besta, do projeto Nós, Voz, Eles). Tenho certeza que serão shows históricos e emocionantes!” — Thiaguinho, cantor (@thbarbosa)

“A minha relação com os irmãos Sandy e Junior é de muita amizade. Algo que permaneceu porque foi um período muito forte. Trocamos ideias e desejamos coisas boas uns aos outros. Estamos sempre juntos, promovendo alguns encontros, e é essa minha relação com eles. Somos amigos mesmo (risos)” — Wagner Santisteban, ator 

“A volta da dupla aconteceu num momento incrível. Tivemos a sorte de lançar na mesma época o T-Cross, o novo SUV da Volkswagen, que tem uma aderência muito grande com o público da dupla, moderno e cool. Assim, nesse momento especial, é importante sermos o carro oficial na turnê do ‘cross’ entre Sandy e Junior, uma das parcerias de maior sucesso da música brasileira”   Leandro Ramiro, gerente executivo de gestão da marca e comunicações da Volkswagen América do Sul 

“Saindo do evento da Volkswagen, show de Sandy & Junior, lançamento do T-Cross foi um sucesso! Eu estou nervosa até agora, o show foi ótimo, foi a primeira apresentação deles, eu sempre fui muito fã, estou muito feliz! — Giovanna Lancellotti, atriz, logo após o evento da Volkswagen

 Datas Turnê Nossa História:
12 de julho de 2019 Recife Classic Hall
13 de julho de 2019 Salvador Arena Fonte Nova
19 de julho de 2019 Fortaleza Centro de Eventos do Ceará
20 de julho de 2019 Brasília Estádio Mané Garrincha
2 de agosto de 2019 Rio de Janeiro Jeunesse Arena
3 de agosto de 2019
17 de agosto de 2019 Belo Horizonte Esplanada do Mineirão
24 de agosto de 2019 São Paulo Allianz Parque
25 de agosto de 2019
31 de agosto de 2019 Curitiba Pedreira Paulo Leminski
13 de setembro de 2019 Manaus Arena da Amazônia
14 de setembro de 2019 Belém Hangar
21 de setembro de 2019 Porto Alegre Arena do Grêmio
12 de outubro de 2019 São Paulo Allianz Parque
 13 de outubro de 2019
Fotos: Divulgação
  • COMPARTILHE
VOLTAR AO TOPO