TOP Magazine

Refúgio no Vale

O lodge The Lindis apresenta hospedagem em meio à natureza e paisagens únicas da Nova Zelândia

POR Gabriela Testa 6 MIN

03 abr

6 Min

Refúgio no Vale

POR Gabriela Testa

	

Alguns lugares do mundo são bem conhecidos por oferecer lindas paisagens naturais, mas um deles, que, mais do que isso, traz diversas experiências de real contato com a natureza é a Nova Zelândia. Por lá existem verdadeiros refúgios, como o lodge The Lindis, situado no Vale Ahuriri, Ilha do Sul do país, onde é possível desfrutar de vistas incríveis e passar horas observando o céu e admirando as estrelas.

Inaugurada em 2018, a hospedagem faz parte da coleção de luxo do The Lindis Group, que busca criar espaços contemporâneos para fazer os hóspedes relaxarem. No caso do lodge da Nova Zelândia, a natureza vem em primeiro lugar e é ela que guia as atividades, sob uma filosofia em que o ambiente deve ser a inspiração para viver. Exatamente por isso, oferece experiências únicas que envolvem as paisagens naturais de lá.

A começar pela arquitetura do lodge, que impressiona quem observa de longe. Praticamente invisível visto por cima, o design foi projetado para integrar a paisagem. As linhas onduladas do teto feito de madeira seguem as linhas do terreno, criando uma harmonia com o ambiente, tornando parte da natureza o hotel que ocupa uma área de 2.400 hectares no Vale Ahuriri. Na real, o Lindis está localizado na Fazenda Ben Avon, ao lado de um parque de conservação que leva o mesmo nome do vale. E a paisagem é realmente de tirar o fôlego. Uma área praticamente inabitada e intocada, com águas glaciais e montanhas, perfeita para descansar.

Sobre as atividades, o lodge disponibiliza uma série delas, que podem ser feitas do lado de fora da hospedagem. E as pessoas podem escolher a que agradar mais entre as várias opções, que vão de andar a cavalo a observar as estrelas, definitivamente uma das principais atrações da região. Nessa experiência, é possivel aprender um pouco mais sobre as constelações, a partir de um aplicativo para encontrar as estrelas e seus nomes, além, é claro, de apreciar ao vivo e a cores o cenário deslumbrante. Como na Ilha Sul do país quase não existe poluição luminosa, o Vale Ahuriri torna-se uma verdadeira pintura.

Outra atividade bastante requisitada no The Lindis é um passeio com um planador para admirar a vista aérea das montanhas da Nova Zelândia. Uma experiência que pode ser feita em até quatro pessoas com um preço de 150 dólares por hóspede. Com uma área enorme de vegetação, o lodge conta ainda com um estábulo de 14 baias e 12 cavalos. Os viajantes podem optar por fazer uma das três caminhadas disponíveis a cavalo e conhecer algumas das belas lagoas de Ahuriri, além de subir as florestas para explorar os belos campos de ervas subalpinas.

Falando do interior do lodge, painéis de madeira de chiclete manchado e imponente alvenaria de Bluestone refletem os tons e a geografia do ambiente — com janelas do chão ao teto varrendo as barreiras entre os mundos interno e externo. O mobiliário elegante de madeira e as obras de arte criam um espaço acolhedor, assim como o design interno do edifício com painéis de madeira que refletem os tons do exterior para dentro das áreas comuns e quartos. Toda a decoração combina com a natureza ao redor, trazendo uma sofisticação única para os ambientes.

As acomodações são divididas em três tipos: as suítes master, as suítes lodge e os pods. Nas primeiras, o espaço dá uma vista deslumbrante do vale e possui banheira de luxo, cama super king size e lareira a gás. Nas suítes lodge, os hóspedes também podem aproveitar as janelas para olhar o vale no entorno da hospedagem e desfrutar de áreas de estar internas e externas e a lareira a gás. Já os pods trazem uma experiência única. Além de estruturas externas, que oferecem o máximo de privacidade, são arquitetados com grandes paredes de vidro espelhado em uma área de 18 m², que permite aos hóspedes uma verdadeira conexão entre a natureza e o luxo. Têm um banheiro privativo, cama king size, banheira externa privativa e área de estar externa.

No quesito gastronômico, o The Lindis traz uma culinária refinada com cardápio contemporâneo e saudável. Apresentando ingredientes naturais como cogumelos porcini, colhidos nos jardins dos arredores do hotel, sempre frescos e saborosos, está sob o comando do chef Cesare Stella. Na entrada, vale experimentar o nhoque de kumara feito à mão com molho local Lindis Pass. Para os pratos principais, o salmão crocante alpino Aoraki com limão e manjericão com erva-doce e feijão cozido no vapor é uma ótima escolha. Entre as sobremesas, destaque para o tarte tatin de pera e anis colhidos no hotel, com gel de limão e alcaçuz.

 

+ infos: thelindis.com

 

  • COMPARTILHE
VOLTAR AO TOPO