TOP Magazine

Menina dos Olhos

COM 11 MILHÕES DE SEGUIDORES, ELA É DIFERENTE DAS TANTAS INFLUENCERS QUE SE VÊ POR AÍ! O QUE ELA TEM PARA MOVIMENTAR TANTA GENTE NA INTERNET? TOP CONTA...

POR Vivian Monicci 5 MIN

08 out

5 Min

Menina dos Olhos

POR Vivian Monicci

	

“Maria, Maria, é um dom, uma certa magia, uma força que nos alerta… Quem traz na pele essa marca possui a estranha mania de ter fé na vida.” Os icônicos versos de Milton Nascimento parecem ter sido feitos sob medida para certa Maria, verdadeiro fenômeno de beleza na internet. O nome de batismo é Mariana Maria, mas para seus mais de 11 milhões de seguidores no Instagram, é apenas Mari Maria. Afinal, o que essa Maria tem para conquistar essa multidão? Tem dom, magia, força… E, acima de tudo, aquela estranha mania de ter fé na vida, em si mesma e em tudo o que faz. E como isso transparece, toca o coração das pessoas, que acreditam em sua melhor versão. Parece fácil? Não é! Botar a cara no mundo — ou, nesse caso, na web — sem medo de ser o que é. E o cabelo ruivo e as sardas, que pareciam ser um problema, olha… só ajudaram!

O início na maquiagem e na internet
Mineira, Mari, de 26 anos, sempre gostou de maquiagem, até porque queria esconder suas sardas. “As pessoas olhavam e perguntavam o que era aquilo no meu rosto, falavam que a minha boca estava suja. Eu não gostava e a make me fez sentir diferente. Pegava os produtos da minha mãe, misturava um pouquinho de base e corretivo, fazia uma alta cobertura e ia para a escola mais segura porque ninguém reparava em mim nem fazia bullying”, lembra a influencer, que se mudou para Brasília aos 17 anos. Lá ela conheceu o empresário Rudy Rocha Loures, com quem se casou em 2014, mesmo ano que marcou seu início na internet. “Eu me maquiava e fazia fotos, até que um dia ele me questionou o porquê de eu não gravar e postar, já que amava fazer aquilo. No começo, era um videozinho aqui, outro ali… Tacava massa de maquiagem na cara, porque eu tinha vergonha das minhas sardas, descoloria meu cabelo e ia para o sol”, conta Mari, que, pasmem, queria se esconder e mostrar algo que não era. “Mas quando meu cabelo cresceu e a raiz apareceu, todo mundo disse ‘Mari, você é ruiva? Deixa o seu cabelo natural!’ Minha vida na internet começou a dar certo quando finalmente assumi: ‘eu sou isso e está ótimo’.” O público acompanhou essa transição, muitas pessoas me ajudaram e vice-versa. Quando é assim, dá certo. E os vídeos faziam mais sucesso quando eu aparecia sem make e com as sardas à mostra, então o fato da maquiagem me transformar aumentou a repercussão.”

Mais de 11 milhões de seguidores
“É louco pensar que 11 milhões de pessoas já me viram em algum momento, mas é legal saber que você pode influenciar — espero que positivamente — a vida de tanta gente de alguma forma.” Mas, afinal, como ela conquistou quase 12 milhões? “Muito trabalho! Prezo pela qualidade do meu conteúdo e acredito que o fato de trazer os seguidores para minha vida faz muita diferença.” E a que ela atribui esse gigantesco sucesso? “Procuro passar os meus pensamentos da forma mais verdadeira possível! Ser transparente com o público é fundamental! Mas não acho que cheguei lá ainda. Estou sempre aprendendo.”

Mari Maria Makeup: realização de um sonho
Agora, além de maquiadora, youtuber e influencer, ela é empresária e realiza o grande sonho de ter sua marca própria, a Mari Maria Makeup. “Eu pensei em tudo, foi feita com a minha mão em cima. Vai ter alta cobertura, pigmentação e produtinhos que eu uso. Pode ter certeza que são coisas diferentes e inovadoras”, pontua com brilho nos olhos. Na cartela, paleta de sombras, de contorno, iluminadores, batons, delineador, itens para sobrancelha e, claro, bases com alta cobertura, o xodó da Mari. “De boazinha e meiga eu tenho só a cara. Sou exigente e detalhista com formulação. Já testei de tudo, conheço do bom ao pior, então pode confiar porque são aprovados por mim.” O seu maior incentivador sempre foi, e ainda é, o marido. “Ele me ajudou não só a começar o canal como também a minha marca, e hoje é responsável pela gestão dos negócios”, diz ela, que pretende levar a Mari Maria MakeUp para o exterior.

Autoestima e padrões de beleza
Diante de todas essas conquistas e carinho dos milhões de seguidores, sua autoestima e a relação com a maquiagem mudaram. “Hoje gosto muito das minhas sardas, e essa aceitação foi por meio da internet. Percebi que as pessoas achavam bonito e que eu também podia gostar. Só que, agora, elas são uma opção: se quiser saio com sarda, senão, cubro… Eu tenho várias versões”, diz. E completa: “Como você se maquia é a forma como se expressa, consegue expor o que tem dentro de si. Usar maquiagem dá autoconfiança e possibilidades. Eu sempre digo: não existe padrão, ninguém é igual a ninguém. O belo está no diferente, então seja você, seja espontâneo.”

Dicas de ouro da Mari
Para acertar na cor da base: “Aplique no rosto inteiro, mas não no colo, para ver a diferença, e fique um tempo. Olhe em variações de luz e tire várias selfies, inclusive com flash, antes de comprar.”
Para fazer o delineado perfeito: “Se você treinar durante um mês todos os dias, no 31º dia você saberá fazer delineado. No início, prefira os delineadores em caneta, pois são mais precisos e borram menos.”
Maquiagem para pele oleosa: “Tem que ter uma pré-preparação e uma base boa. Antes, passe algo gelado para fechar os poros. Depois, aplique um primer matificante que vai controlar a oleosidade. Em seguida, prefira uma base com acabamento seco.”
Para diminuir espinhas: “É importante higienizar a pele antes e depois da maquiagem.”
Make para o dia a dia: “Base, batom, máscara de cílios e blush, bem natural.”
Para ser craque na make: “Todo mundo fala que é talento, mas a persistência de treinar todos os dias faz a diferença.”

Foto: Miro e Divulgação

  • COMPARTILHE
VOLTAR AO TOPO