TOP Magazine

03 ago

Cris Barros

O preview da coleção Verão 18

POR Redação 1 MIN

03 ago

1 Min

Cris Barros

POR Redação

	

Com foco na essência, valores culturais, históricos e estéticos do Brasil, Cris Barros fez uma pesquisa por todas as regiões do país observando detalhes do artesanatos local, plantas nativas, clima, solo, povos e seus costumes. As referências vieram da arquitetura modernista de Lucio Costa, Rino Levi e Oscar Niemeyer, azulejos hidráulicos de Paulo Mendes da Rocha, paisagismo de Burle Marx e obras de Alexandre da Cunha.


A harmonia de cores está presente na composição de tons fortes, derivados de plantas e frutas nativas, que tons neutros e crus, como a cor do bambu e da cerâmica, e ainda tons avermelhados, dos rios e solos brasileiros. Os tecidos são frescos e leves, de fibras naturais como o linho e seda rústica, mesclados com telas de algodão, texturas e jacquards. As estampas foram criadas a partir da fauna e flora brasileira.


Com intuito de resgatar a memória e fortalecer a identidade indígena, foi criado um projeto conjunto com a ONG Casa do Rio – comunidade de artesãs ribeirinhas do rio Tupana, na Amazônia – em que os acessórios, como os adornos que são aplicados em vestidos, sapatos, uma bolsa e um leque, foram confeccionados a partir do cipó ambé.

  • COMPARTILHE
VOLTAR AO TOPO