TOP Magazine

Cidade dos piratas

Documentário de animação analisa a transformação do cartunista Laerte a partir de seus personagens de tiras diárias

POR Walter de Sousa com exclusividade para TOP Magazine 3 MIN

01 nov

3 Min

Cidade dos piratas

POR Walter de Sousa com exclusividade para TOP Magazine

	

Laerte não é somente um cartunista. Por sua militância e inteligência se tornou um ícone de resistência ao conservadorismo. Isso se deu em muito pouco tempo, se analisarmos o cenário político que vivemos na atualidade. Assim, o documentário de Otto Guerra, que se propõe a analisar os Piratas do Tietê, personagens que marcaram os anos 1980, começa com o próprio Laerte afirmando que eles não são mais pertinentes. Afinal, são bárbaros homicidas tão machistas que perdem sentido no traço de um cartunista transgênero. E por isso aparecem sempre em preto e branco, enquanto os demais personagens são coloridos. O tempo todo da narrativa há o conflito do diretor com esse problema, pois contou com um edital público para produzir um filme sobre os Piratas. Conflito que se estende à sua equipe técnica, incluindo a produtora Marta Machado.
Laerte, que assina o roteiro com Otto, Rodrigo John e Thomas Créus não quis aparecer no filme, mas autorizou trechos de suas entrevistas à televisão, incluindo a antológica que concedeu ao programa Provocações, de Antônio Abujamra, além da participação no clipe da música Fiu Fiu, do grupo Filarmônia de Pasárgada, em que recebe um jorro de sangue no rosto.
Com ritmo fragmentado, bem no estilo das tiras diárias, personagens e autor constroem a transformação de Laerte de cartunista em ícone. Sua persona é o Minotauro em seu labirinto, caçado pelos conservadores de plantão, entre eles Azevedo, o candidato, personagem homofóbico e defensor dos “costumes”.
Homenagem de outro cartunista, o gaúcho Otto Guerra, que inclui na trilha sonora o lisérgico Júpiter Maçã e Gabi Amarantos, o filme é anárquico e impactante, essencial para os fãs de Laerte.

Vem conferir o trailer:

 

Cidade dos Piratas
Direção: Otto Guerra
Vozes: Mateus Nachtergaele e Marcos Ricca
Estreia: 31/10

  • COMPARTILHE
VOLTAR AO TOPO