TOP Magazine

Chicoarotes

Ganhar dinheiro e cair fora: o sonho permanece, mas o contexto inviabiliza a adolescência

POR Walter de Sousa com exclusividade para TOP Magazine 3 MIN

30 ago

3 Min

Chicoarotes

POR Walter de Sousa com exclusividade para TOP Magazine

	

Gerações de jovens sempre tiveram um propósito de vida: ganhar dinheiro e cair fora. Seja qual fosse o contexto, essa máxima sempre inclui o sonho de superá-lo. A questão é que ela se complica muito no contexto social atual. Como “ganhar dinheiro” e onde é o fora do “cair fora”? Seja na periferia de São Paulo, do Quênia ou na Cidade do México, como em Chicoarotes, segundo filme dirigido pelo ator mexicano Gael García Bernal, de Diários da motocicleta (de Walter Salles Jr., 2004). A dupla central do drama, Cagalera (Benny Emmanuel), um ladrãozinho pouco sofisticado determinado a ganhar algum dinheiro e Moloteco (Gabriel Carbajal), indeciso ante a possibilidade de se tornar um palhaço infeliz com suas más piadas, coloca em cheque a máxima. Ganham pouco dinheiro com os delitos que praticam, o que não dá nem para comprar chocolates que não estejam estragados. Querem cair fora do bairro periférico San Gregorio Atlapulco, que implica, para Cagalera, escapar da opressão familiar, que não raramente descamba em violência. Mas ir para onde e viver como?

A violência não está somente fora, no bairro, ou dentro, de casa. Está fora e dentro dos personagens adolescentes. E isso fica claro desde a primeira cena do filme, quando os garotos tentam ser engraçados como palhaços, mas fracassam.

Não que narrativa do filme seja um drama contínuo. Há momentos de distensão, sem escapar ao tema principal, que é a desesperança entre jovens. Na gíria local, Chicoarotes é o nome que se dá a uma pimenta muito picante e que demora a perder efeito. É o apelido daqueles que vivem em San Gregorio. Bernal, que alcança os 40 anos, e caiu nas graças do público em 2000 com o filme Amores brutos, de Alejandro González Iñarritu, dirigiu Déficit em 2007, mas a carreira de ator acabou ocupando-o pela década seguinte. Chicuarotes estrou fora da mostra competitiva em Cannes, festival onde Bernal se consagrou ante o público, em 2000. Por isso, após concluir Chicuarotes, já retomou a carreira de ator que, conforme não esconde, é a sua preferida.

Vem conferir o trailer:

 

Chicuarotes

Direção: Gael García Bernal

Elenco: Benny Emmanuel, Gabriel Carbajal, Daniel Giménez Cacho

Estreia: 5/9

  • COMPARTILHE
VOLTAR AO TOPO